O que é o boleto?

O boleto é um instrumento de cobrança 100% acessível e democrático, sendo a única forma de pagamento disponível a todos brasileiros, inclusive aos mais de 34 milhões de desbancarizados. Com ele, o usuário não precisa ter conta em banco, acesso a crédito ou limite disponível no cartão de crédito para realizar pagamentos.

O produto de Boletos da Zoop foi construído para negócios digitais que querem quebrar barreiras, possibilitando que seus produtos e serviços sejam acessíveis a todos.

É uma das formas de pagamento mais usadas no Brasil como alternativa aos cartões físicos e virtuais, que necessitam que o pagador tenha alguma relação de contrato com um banco. E por ser claramente vinculados a eles, é possível que se pense que boletos só podem ser emitido diretamente com eles.

Mas através da intermediação com plataformas de serviços financeiros como a Zoop, qualquer um pode emitir um boleto. Pessoas jurídicas podem fazer isso para receberem por serviços prestados ou produtos comercializados, enquanto pessoas físicas podem emitir o documento para facilitar transações e evitar pagar tarifas, por exemplo.

A Zoop permite que estabelecimentos comerciais credenciados na plataforma possam emitir boletos como formas de pagamento aos seus clientes, além das opções de crédito e débito. Todos os boletos emitidos são registrados automaticamente, seguindo as regras da FEBRABAN.

Tipicamente, estes serão os campos encontrados em um boleto:

  1. Beneficiário: a pessoa ou instituição que emite a cobrança – ou seja, quem irá receber a quantia discriminada no boleto.
  2. CNPJ / CPF: documento referente ao beneficiário.
  3. Nosso número: a identificação do boleto no software que o emitiu.
  4. Local de pagamento / banco: a instituição financeira responsável pela cobrança, que receberá o pagamento, realizará o processamento e creditará o valor na conta do beneficiário.
  5. Data do documento: dia em que o boleto foi gerado.
  6. Vencimento: data limite para que o boleto seja pago. Caso seja ultrapassada, para fazer o pagamento pode ser necessário atualizar ou emitir uma 2a via do boleto.
  7. Valor do documento: a quantia monetária sendo cobrada por aquele boleto.
  8. Desconto, mora, outras deduções e outros acréscimos: variações possíveis que podem incidir sobre o valor do documento em determinados casos.
  9. Pagador: aquele responsável por pagar o boleto.
  10. Instruções: quaisquer observações que devam ser transmitidas ao caixa no momento do pagamento, como “não aceitar pagamento em cheque”, ou “em caso de vencimento no fim de semana, aceitar o pagamento no próximo dia útil”.
  11. Código de barras: representação gráfica dos dados contidos no boleto. Pode ser lido por um sensor
  12. Linha digitável: número correspondente ao código de barras e que passa as mesmas informações.