Regra para cobrança de chargeback

O chargeback acontece quando um cliente contesta uma transação feita através da instituição financeira. O recurso é oferecido pelas bandeiras dos cartões para proteger os usuários. As regras variam conforme as determinações de cada bandeira.

 

 

Quando ocorrem as cobranças

Bandeiras MasterCard e Hipercard

  • No recebimento da contestação da venda (entrada de chargeback).
  • Na resposta da contestação a Bandeira/Emissor (Reapresentação).
  • No envio de documentos para a defesa.
  • Em disputas não aceitas pelo Emissor.

 

Bandeira Visa e Elo

  • No recebimento da contestação da venda (entrada de chargeback).
  • No envio de documentos para a defesa e na reapresentação.

 

Como a venda é autenticada

Autenticar uma venda significa validar sua legitimidade mesmo após uma contestação. Antes de autorizar uma transação, as bandeiras identificam o portador do cartão garantindo uma camada adicional de proteção contra fraudes. O processo é feito através de serviços como SecureCode MasterCard ou Verify by Visa.

 

Motivo do chargeback

Um alerta é enviado por e-mail notificando a disputa e o motivo do chagerback.

 

Valor da cobrança

MasterCard e Hipercard

  • R$ 4,30 para cada recebimento de contestação de venda (entrada de chargeback)
  • R$ 0,64 para cada resposta da contestação à Bandeira/Emissor (reapresentação)
  • 0,65% do valor do chargeback por cada documento enviado para a defesa
  • R$43,00 para toda disputa não aceita pelo emissor (pré-arbitragem)

 

Visa

  • U$2,50 para cada resposta da contestação à Bandeira/Emissor e documento enviado para a defesa (reapresentação)

  • U$2.00 para abertura (entrada) de contestção de chargeback

 

Elo

  • R$ 0,20 por cada recebimento de contestação de venda (Entrada de chargeback)
  • R$ 0,23 para cada resposta da contestação à Bandeira/Emissor (Reapresentação)

 

Considerações Importantes

  • Em compras parceladas, cada parcela é considerada 1 chargeback
  • No repasse das tarifas serão incluídos impostos das bandeiras, além do PIS / COFINS (9,25%)

 

Os valores no quadro abaixo são fictícios e servem apenas como exemplos:

 

Screenshot_1.png